Domingo

cambuquira

 

 

ou simplesmente a flor da abóbora
;)
Posted by Picasa

baunilha é orquídea...e eu não sabia

o que eu morria e não sabia é que a fava que eu publiquei aqui, a tal de baunilha, amada por todos os apreciadores de boa cozinha, é uma orquídea!! Desculpem a ignorância, mas não sabia mesmooo, fiquei pasma, adorei..
;)

morango & chocolate

 

 

irresistível...
Posted by Picasa

mais uma semana se foi...

 

 
Posted by Picasa

anis estrelado

 

 
Posted by Picasa

rosti

 

ela ficou assim, fininha, com cara de hamburger de frango, mas ficou bem gostosinha e acompanhou um peito do pato que assou no forno com um molhinho de laranja u-lá-lá, e esse foi o nosso almoço de domingo.

a rosti é o seguinte: coloquei as batatas, para cozinhar em água fervendo por 20 minutos, usei asterix, que tinha na geladeira, aquela da casca roxinha. Esperei esfriar e tirei a casca com a mão mesmo, é mole! Depois passei no ralo grosso e misturei essa massa de batata ralada com queijo parmesão ralado na hora, um pouco de gruyere também ralado na hora, cebolinha verde picada, sal e bacon (que já tinha fritado e retirado o ecesso de gordura com papel toalha). Até aqui tá moleza, a hora de fritar é que precisa de paciência e persistência, porque se você nunca tiver feito, garanto que vai pegar o jeito só depois da terceira, ou quarta e de já ter desmontado o formato redondo de algumas ;)
a dica é fritar com manteiga, porque ela que vai ajudar a fazer a crostinha da rosti, e virar com a escumadeira...
Posted by Picasa

Quarta-feira

cogumelos em papillote

 
Posted by Picasa

usei três tipos de cogumelos, tinha em casa o portobello, shitake e funghi, todos secos, então coloquei as belezinhas para hidratar em água gelada, separadamente, uns 30 minutos. Talvez o correto fosse até um pouco mais.

retirei da água, lavei, para eliminar qualquer areinha. No fogão já tinha uma wok aquecida com azeite, cebola cortadinha e 1 dente de alho. Suada a cebola, acrescentei os cogumelos e salteei os bichinhos.

Coloquei 2 colheres de sopa de Molho de Ostra, que já estava na minha prateleira a tempo com lacre, e resolvi estreá-lo. Gostei do toque nos meus cogumelos. Sal e pimenta moída na hora.

desliguei o fogo, e percebi que estavam um pouco borrachudos, então coloquei em papel alumínio e arrumei como se fosse uma carta, juntei um pouco de vinho branco seco e coloquei no forno mais uns 15 minutos.

o aroma ao desembrulhar o papillote é divinoo.

para comer puro mesmo ou com torradinhas quem preferir.

Terça-feira

caldinho de mocotó do mocotó

 

 
Posted by Picasa


para não dizer que eu só bato, e elogiar que é bom nada, esse post vem à calhar.
a um tempo atrás eu publiquei aqui que a Revista Prazeres da mesa na verdade era um desprazer, que atrasava a entrega e etecetera, bem, a entrega continua atrasando, com a desculpa da greve dos correios, rsrsrs, enfim, continuam sem pontualidade alguma, mas em contra-partida estou a admitir que a Revista do mês de julho (que me foi entregue em agosto) está MUITO BOA!! Um punhado de matérias legais, receitas boas, dentre estas coisas boas, uma matéria sobre o Chef Rodrigo Oliveira do Mocotó, em São Paulo, o botequim da moda. Um monte de receitas de comida de boteco, das quais eu testei 3 e todas ficaram ótimas!!

Eu reservei o caldo de mocotó para postar aqui, e lá vai:

1 litro de caldo de galinha, de preferência caseiro

20 ml de vinagre de maçã *eu usei vinagre branco de boa qualidade

100 grs de farinha de trigo

1 pé de boi (mocotó)

1 limão

1 cebola

3 tomates

1 pimentão

5 dentes de alho

sal e pimenta-do-reino a gosto

Louro

Cominho

Cebolinha verde

Coentro

Lavar bem o pé de boi, esfregando um limão

Levar para panela de pressão, até que a carne esteja derretendo, saindo dos ossos *demora muito, claro que vai depender do fogão de cada um, aqui gastei 1 hora e 30.

Descartar a camada de gordura que se forma na superfície, e retirar os ossos. Colocar as carnes em uma tábua e cortar em pedacinhos. Coe o caldo que se formou e junte os pedacinhos de carne novamente.

Bater no liquidificador 1\2 litro do caldo de galinha + alho + tomate + cebola + pimentão + colorau + vinagre. Juntar ao caldo do mocotó e deixar ferver.

Enquanto isso, dissolva a farinha nos 1\2 litro do caldo de galinha restantes batendo no liquidificador.

Quando o caldo de mocotó estiver fervendo misture o espesante da farinha com cuidado para não embolotar.

Deixe cozinhar por mais 20 minutos.

Tempere com cominho, sal e pimenta a gosto.

Sirva com cheiro verde (indispensável)*assim disse o autor da receita, pimenta e gotinhas de limão.

Segunda-feira

sanduichinhos com ciabatta

 

 
Posted by Picasa

esses foram feitos com muçarela de búfala, pesunto de parma, rúcula, um fiozinho de azeite e bem pouquinho de geléia de pimenta, para não arder muito.

Domingo

sexta-feira

 

 
Posted by Picasa


pois bem, devo uma satisfação a todos que acompanham este pequeno espaço, a respeito de meu sumiço!!
começo me desculpando e avisando que é temporário, e que garanto, será para o bem da Minha Cozinha e da Cozinha de meus leitores, pois resolvi me profissionalizar no ramo-culinária\gastronomia!! isso mesmo, iniciei uma empreitada de 560 Km por semana, 280 ida e 280 volta para frequentar uma escola de gastronomia em uma faculdade de Nutrição no Rio de Janeiro.
quer dizer, o tempo ficou escasso e o acesso ao meu computador também, já que a tal empreitada é de ônibus e eu que não ando com a maquininha preciosa por aí!! e definitivamente a advogada virou "fazedora" de comidinhas!!
Tá certo que havia acabado de terminar Senac\Campos, curso de cozinha básica, mas o negócio lá é bem diferente, uma escolinha mesmo, com aulas de nutrição eteceterá, coisa de primeira.
volto para casa toda semana, morrendo de saudades do marido e com um calhamaço de apostilas, que precisam ser lidas, estudadas e até, quem sabe, decoradas, para prestar prova no fim de dois meses e aí então, encarar a tão esperada cozinha!!!

explicada a ausência. retorno com mais novidades ;)

pimenta.do.reino

 

 
Posted by Picasa

o Vietnã é o maior produtor de pimenta-do-reino do mundo e seu maior concorrente é o Brasil, com sua produção concentrada no norte do país, o Estado do Pará.
o cultivo necessita de clima quente e úmido.

fleur de sel

 

excelente com batata-baroa. ;)
Posted by Picasa

capuchinha

 

 

 

flor comestível.
Posted by Picasa

coloquei ela aqui e aqui, e falei dela lá.

fava de baunilha orgânica

 

 
Posted by Picasa

o açúcar de baunilha pode ser feito em casa com a casca da fava de baunilha, que não se usa.
Encha um vidro hermético de açúcar e coloque a casca da fava ali. Deixe aromatizando por pelo menos 1 semana.