Mostrando postagens com marcador salada. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador salada. Mostrar todas as postagens

Sexta-feira

focaccia

 

 
Posted by Picasa

A fase em que fazia pães foi bem longa, levou um tempo para passar, e foi bem antes deste blog existir, até que um dia comprei uma máquina de fazer pães e como num passe de mágicas, não se sentia mais aquele aroma perfumado de pão assando na minha cozinha.
Na verdade essa bicha imensa que repousa na minha bancada me tirou um pouco o prazer de literalmente colocar as mãos na massa, e hoje em dia, a bicha imensa me serve [e muito] para confeccionar geléias que é uma beleza. Quer dizer, uma máquina de pão, que me serve para geléias!!!
...então, hoje me atrevi a assar pães novamente e me recordei como é delicioso esperá-lo sair do forno e atacar um pedacinho. Na verdade, eu acho delicioso até o cheiro da massa fermentando!!
Ano passado a Revista Gula fez uma edição com uma focaccia maravilhosa na capa, foi a edição 189, e desde ali me acendeu a coceirinha de voltar a fazer uns pãezinhos. Dali a duas edições saiu uma errata consertando a receita que estava meio lélé, e aí está ela, lépida e fagueira, deliciosa e cheirosérrima.
Em uma tigela misturei 500 grs de farinha de trigo + 1 envelope de fermento seco [são 12 grs] + 1 colher de chá de melhorador de pães [por minha conta] + 5 grs de sal + 15 grs de açucar.
Depois de misturado as farinhas acrescenta 2 colheres de sopa de azeite e 280 ml de água morninha [20 segundos de micro]
Usei a pá de gancho para massas pesadas da batedeira e depois finalizei a sova no muque mesmo.
Descansa a massa por 40 minutos [importante!!]
Untei um tabuleiro de uns 30 cm com azeite e ajeitei a massa lá. Fiz uns furinhos com o dedo, pincelei bastante azeite por cima + sal grosso moído + pimenta moída + alecrim.
Assa em forno preaquecido [250 C] por 40 minutos.

Quinta-feira

salada de soja

 

 
Posted by Picasa


a soja em grãos para mim era uma incógnita, aliás, acho que deva ser assim com todo mundo, normalmente aquilo que eu nunca fiz é uma incógnita..
então..., aqueles grãozinhos redondinhos, faz como??

foi a minha cunhada que clareou meus pensamentos quanto a soja me ensinando essa receitinha mole-mole de fazer.

primeiro, deixa os grãozinhos de molho em água fria umas 4 horas ou então até os grãozinhos redondinhos tomarem o formato de um feijão, eles vão ficando bicudinhos.
depois cozinhar em água salgada por 30 a 40 minutos (10 a 15 se for em panela de pressão) ou até amolecerem, e aí é temperar com cebola picada bem fininha, eu gosto de usar a cebola roxa também, (que eu adorooo), azeite (sem economizar), sal, pimenta moída na hora, um taquinho de vinagre e pronto.
misturado em uma salada de folhas cai muito bem.
;)

salada de batata com iogurte

 

 
Posted by Picasa


eu tenho um certo preconceito com maionese na comida, apesar de adorar o sabor da dita, mas sabe-se lá porque torço o nariz quando ela aparece em pratos. Daí que certo dia vi a salada de batata da Fer e me deu aquela afliçãozinha de vontade de fazer e PIMBA é deliciosa. ;)

vou reproduzí-la aqui e vocês podem ver ela .

cortei as batatas, descasquei antes, e cozinhei até ficar macia.

enquanto isso preparei o molho:

3 colheres de sopa cheias de iogurte, 1 colher de sopa cheia de maionese, mostarda dijon 1 colherzinha, sal, pimenta moída na hora, cebolinha francesa cortadinha, 1 dose generosa de azeite. Coloquei também 1 pitaco de mostarda em pó e um pouquinho de mostarda em pasta que tenho aqui, que é bem forte.
emulsionar com um fuet e vai corrigindo o sabor à gosto.

depois misturei cuidadosamente a batata cozida com o molho. não mechi muito para não quebrar as batatinhas.

acho que ainda não falei, mas aqui em casa temos um fraco por comida alemã, então essa salada de batata virou companhia certeira dos joelhos, salsichões, chucrutes e e-tê-cé-tê-ra que saem da minha cozinha.
;)